Run Tejo apresenta-se com a bênção de El Rei D. Fernando

0
1662

(Fotos de Marcelino Almeida)

De 1373 a 2018, do passado ao presente medeiam 645 anos de história. Do início da construção da muralha fernandina por el rei D. Fernando à apresentação ontem dia 14 de Abril da equipa do Run Tejo.

Run Tejo 2Não podia ter sido melhor, o local escolhido para a cerimónia. No hotel Corpo Santo, num espaço cheio de história com as muralhas fernandinas como pano de fundo. Muralhas essas que com um perímetro de 5.180 metros, protegeram então os cerca de 35 mil habitantes lisboetas da invasão castelhana. E agora os 52 atletas que formaram o clube. este já está registado e agora, vêm a caminho os estatutos e a eleição de uma direção.

Carlos Freitas, atleta, treinador e dirigente, é o “pai” do clube mas não está só. “Somos uma família. Tudo o que se passou no passado, é passado. Serviu para aprendermos”,

O Run Tejo surgiu a partir do Belém Runners, clube ligado ao CF Os Belenenses. Atitudes menos corretas da direção do clube do Restelo, conduziram à saída de Carlos Freitas e com ele, para já dos 52 atletas.

O local de treinos será no Estádio Nacional. Carlos Freitas estruturou já o clube para responder a tantos atletas com níveis bem diferenciados. Com níveis entre a casa dos 30 minutos e mais de 60, foram formados quatro grupos com um ou dois responsáveis por cada um.

Neste momento, o clube está em negociações com uma grande marca europeia de equipamentos que pretende entrar no mercado português.

Run Tejo 3O hotel Corpo Santo é o patrocinador da equipa. A direção do hotel pretende apostar no running com os seus hóspedes, estrangeiros na sua maioria.

A primeira prova é já hoje, a Estafeta de Lisboa. O Run Tejo vai estar com dez equipas e ainda mais três atletas na Prova em Linha.

Desejamos as maiores felicidades ao Run Tejo e aos seus atletas.

 

 

Deixar Resposta