Rússia: Jovem promessa da vara, Matvey Volkov quer mudar de nacionalidade

0
306

Com somente 16 anos, Matvey Volkov pode passar a competir por outro país que não o seu de nascimento.

Na semana passada, a tri campeã mundial do salto em altura, Mariya Lasitskene, tinha dito que estava a refletir em deixar a equipa russa, após a recusa da sua federação em pagar a multa de 5 milhões de dólares reclamadas pela World Athletics, devido ao caso do saltador em altura Danil Lysenko. Agora, foi Matvey Volkov a pensar o mesmo que Lasitskene.

O prometedor varista que já saltou 5,50 m este Inverno, é treinado pelo seu pai, Konstantin, medalha de prata nos Jogos Olímpicos de 1980. Foi ele que anunciou ao site russo sport-express.ru que há outro país interessado no seu filho e que uma carta pedindo a sua mudança de nacionalidade desportiva tinha sido escrita à World Athletics. “Eu não quero que Matvey esteja na posição de um atleta vítima de descriminação por causa de ações estúpidas dos dirigentes”, explicou Konstantin Volkov.

“Até ao presente, a Rússia mordeu os dedos porque ela perdeu Anastasia Kuzmina, tornada uma estrela do biatlo mundial na Eslováquia. Ela é tri campeã olímpica. Mas Nastya libertou-se sem nenhum problema, eles consideravam-na como pouco prometedora. Imagine agora o que vai acontecer se Matvey Volkov ganhar uma medalha sob a bandeira de outro país nos Jogos de Tóquio 2021?”

O antigo varista revelou ainda que há um outro atleta de elite, sénior, que também fez um pedido à World Athletics. O site afirma que pelo menos, dois atletas do trio Lasitskene – Serguei Choubenkov – Anzhelika Sidorova, já tinham recebido propostas de outros países.

Face à atuação desastrada dos dirigentes russos, seja no atletismo, seja a nível estatal, a fuga dos talentos russos parece estar em marcha.

Deixar Resposta