Sally Pearson, campeã olímpica dos 100 m barreiras anuncia a sua retirada

0
663

A australiana Sally Pearson, campeã olímpica dos 100 m barreiras em 2012, anunciou hoje a sua retirada aos 32 anos de idade.

Sally dominou os 100 m barreiras no início dos anos 2010. Campeã do mundo em 2011 (onde estabeleceu o seu recorde pessoal em 12,28 s) e campeã olímpica em Londres, quatro anos depois de ter sido medalha de prata em Pequim), ela ainda ganhou uma medalha de prata no Mundial de 2013. A sua carreira foi depois fortemente perturbada por lesões, como uma fratura no braço esquerdo em 2015.

Ela não pôde participar nos Jogos Olímpicos de 2016 e viu o velho recorde do mundo de Donkova (12,21 em 1988) ser batido pela norte-americana Kendra Harrison (12,20 em Julho de 2016). Mas Sally ainda conseguiu o seu segundo título mundial em 2017, antes de se lesionar novamente, então no tendão de Aquiles e renunciar aos Jogos da Commonwealth em 2018.

Esta época, ela participou em diversos meetings, com um melhor crono em 19 de Maio em Osaka com 12,70 s.

“O meu corpo já não é capaz de fazer face às exigências do treino e das competições, para procurar as medalhas mundiais e olímpicas”, explicou a australiana num vídeo postado na sua conta do Instagram.

Deixar Resposta