Samuel Barata brilha na Bélgica

1
205

Excelente (e bem folgado…) recorde pessoal conseguiu este domingo o benfiquista Samuel Barata no Meeting de Heusden, na Bélgica, onde ganhou a série secundária com 13.39,94, melhorando os 13.56,47 que tinha desde 2016. Há nove anos que um português não fazia melhor: Rui Silva conseguiu 13.25,94 em 2011.Na época passada, Hélio Gomes, que em 2017 vira a sua marca de 13.35,00 anulada devido a um controlo antidoping positivo, conseguiu 13.41,01.

Samuel Barata ganhou a sua série com quase oito segundos de vantagem e a sua marca seria a sétima na série principal, ganha pelo alemão Mohamed Muhumed, com 13.23,71.

Entretanto, nos 1500 m, Marta Pen foi 3ª com 4.06,91, tempo que melhora em três centésimos a sua marca desta época em pista coberta. Mariana Machado também conseguiu o seu melhor tempo do ano, ao ser 4ª com 4.10,87, a escassos 26 centésimos do seu recorde pessoal, de 2019. A prova foi ganha pela espanhola Esther Guerrero, em 4.05,45.

1 Comentário

Deixar Resposta