Santarém Tintos Mil/V Scalabis Night Race

0
2708

Quem vai uma vez à Scalabis Night Race, dificilmente não regressa! Antes do início da corrida, falámos com uma atleta e ela já nos dizia: ”É a primeira vez que venho aqui e estou a gostar muito. É para voltar!”.

Pois é, houve festa da grande que começou cedo com as corridas para os mais jovens. A caminhada na extensão de 5 km começou às 19 horas e os milhares de participantes demoraram dez minutos a passar na linha da meta. A corrida teve início às 21 horas, com milhares de espetadores ao longo do percurso. Com fogo de artifício, campinos, fandango, tuna académica, bandas música e tinto. Muito tinto à porta da Taberna do Quinzena. Aqui, gente da Organização não tinha um segundo de descanso, tantas eram as solicitações para provar o saboroso néctar. Na meta, muito convívio com a oferta de uma bifana, bebida e o pampilho, bolo típico da cidade. Os benfiquistas, contentes com o empate obtido com o Sporting, depois de muito terem sofrido durante a prova e com boatos de espetadores que diziam estar o Sporting a vencer por 2-0. Quando foi o empate, ainda estávamos a correr e foi uma explosão de alegria ao nosso redor. Venha a sexta edição!

scalabis-night-race-2017-caminhada

Triunfos de Luís Rações e Ana Mafalda Ferreira

Luís Rações (Ingleses FC) inscreveu o seu nome na lista dos vencedores da prova ao concluir os 10 km do percurso em 32m26s, distanciado 16 segundos de Pedro Lopes (U. Tomar) e 29 de Pedro Januário (ID Vieirense).

Em femininos, a sportinguista Ana Mafalda Ferreira, venceu pela terceira vez consecutiva. Ana, que fez anos no dia da prova (parabéns!) venceu facilmente em 35m24s, sendo a 11ª da geral. Rita Mineiro (CDUL) foi uma distante segunda a 2m53s com Alexandra Oliveira (Casa do Povo de Alcanena) a fechar o pódio com 39m13s. João Nepomuceno foi o último com 1h44m19s.

Coletivamente, classificaram-se 103 equipas, sendo 67 do sexo feminino. Venceram o ID Vieirense em masculinos e o Correr Lisboa em femininos.

Quebra de participantes

Apesar da enorme mancha amarela (cor da camisola) que encheu as ruas de Santarém, houve uma quebra no número de atletas classificados. Tivemos agora 2.084, dos quais 734 do sexo feminino (35,2%). O recorde está em 2.216 e vem do ano passado.

Excelente organização

A organização voltou a primar pela qualidade. Num percurso bem desenhado, os atletas cruzaram-se várias vezes. Merece destaque a passagem pelo Jardim das Portas do Sol, onde se pôde ouvir Mário Viegas, a “Grândola Vila Morena” e “Depois do Adeus”, senha do Movimento dos Capitães no dia libertador. E ainda a entrada na Escola Prática de Artilharia, de onde partiu a coluna militar de Salgueiro Maia na noite do dia 24 Abril. Foi pena ter faltado a senha ”Depois do Adeus” à saída do quartel.

SARA TAINHA/INDIVIDUAL

scalabis-night-race-2017-sara-tainhaTem 23 anos e é estudante. Corre há um ano e estreou-se precisamente nesta prova. Treina 2/3 vezes por semana e veio para o atletismo por sua iniciativa. Numa corrida, valoriza o percurso, para além da possibilidade de bater os seus recordes pessoais e conhecer pessoas. Nunca desistiu e foi a 21ª feminina com 48m40s.

 

MARIA CONDEÇO/BLUE TEAM

scalabis-night-race-2017-maria-condecoVeio de Sobralinho, Alverca e tem 54 anos. Trabalha numa empresa no setor de vendas e corre há quatro anos. Estreou-se na S. Silvestre de Lisboa e treina apenas uma vez por semana. Veio para as corridas por sua iniciativa, depois de ter deixado de fumar. Numa corrida, aprecia particularmente a possibilidade de poder divertir-se e ainda os abastecimentos. Nunca desistiu e estreou-se nesta prova, tendo sido a 375ª feminina com 64m24s.

JOSÉ RODRIGUES/BLUE TEAM

scalabis-night-race-2017jose-rodriguesTem 47 anos e é operador de máquinas. Corre há seis anos e estreou-se na Corrida do Mirante, na Ota. Veio para a modalidade por sua iniciativa. “Joguei futebol, fui operado aos joelhos e não podia deixar de fazer desporto”. Treina quatro vezes por semana e numa prova, valoriza mais os abastecimentos. Nunca desistiu e veio à prova pela primeira vez. Foi o 264º com 45m26s.

ADELINO TRINDADE/INDIVIDUAL

scalabis-night-race-2017-adelino-trindadeTem 46 anos e é montador de toldos. Corre há quatro anos e estreou-se na Corrida do Sporting. Treina 5/6 vezes por semana e veio para o atletismo por sua iniciativa. Numa prova, aprecia particularmente o poder correr com prazer e sentir-se bem. Dá importância ainda aos abastecimentos. Já desistiu e veio à prova pela segunda vez. Classificou-se em 229º com 44m38s.

RESULTADOS V SCALABIS NIGHT RACE/SANTARÉM (22/04)

Masculinos

1º Luís Rações (Ingleses FC) 32.26; 2º Pedro Lopes (U. Tomar) 32.42, 3º Pedro Januário (ID Vieirense) 32.55; 4º João Vaz (CCD O Alvitejo) 33.09; 5º Carlos Saias (CD R Ribeirinho) 33.56; 6º Paulo Pinheiro (EA Cartaxo) 34.26; 7º Armando Monteiro (Correr Lisboa) 34.51; 8º Custódio António (Beja AC) 35.02; 9º Rui Cabeças (ID Vieirense) 35.07; 10º Jorge Marcelino (ID Vieirense) 35.25

Equipas (67)

1ª ID Vieirense (39 pontos); 2ª Correr Lisboa (135); 3ª CCD O Alvitejo (142) 4ª Escola Atletismo do Cartaxo (145); 5ª CLAC Entroncamento (153)

Femininos

1ª Ana Ferreira (Sporting CP) 35.24; 2ª Rita Mineiro (CDUL) 38.17; 3ª Alexandra Oliveira (Casa Povo Alcanena) 39.13; 4ª Brigitte Cardoso (Correr Lisboa) 40.20; 5ª Céu Nunes (Correr Lisboa) 42.36; 6ª Rita Ribeiro (GFD Running) 43.18; 7ª Ana Correia (Margil) 45.22; 8ª Liliana Filipe (Juv. Desp. Almansor) 45.23; 9ª Andreia Baptista (Indiv.) 45.34; 10ª Patrícia Caldas (Indiv.) 45.44

Equipas (36)

1ª Correr Lisboa (69); 2ª Pace.Makers (252); 3ª GRDC Leião (278); 4ª Tartarugas Solidárias) 291; 5ª Mais que Cuidar (318)

 

 

Deixar Resposta