Sara Moreira consegue inédita 3ª vitória na Taça da Europa de 10.000 metros

0
2647

Sara Moreira tornou-se a primeira atleta a conseguir ganhar por três vezes a Taça da Europa de 10.000 m, que teve lugar este sábado, em Minsk, a sua 21ª edição. A turca Elvan Abeylegesse já tinha ganho três vezes, entre 2006 e 2008, mas veio a ser desclassificada por doping depois do seu terceiro triunfo. Entre as atletas com dois triunfos, estão as portuguesas Fernanda Ribeiro e Inês Monteiro.

Se a nível individual as coisas correram de feição – Sara Moreira, com 32.03,57, deixou à distância a bielorussa Volha Mazuronak (32.13,73) e a turca Esna Aydemir (32.41,03) – já a nível coletivo Portugal ficou um pouco aquém do esperado. Ao impedimento de Jéssica Augusto, acrescentou-se a desistência de Inês Monteiro e o menor rendimento de Salomé Rocha, 8ª com 33.11,43. Acabou por ser Daniela Cunha (15ª com 34.28,84) a completar a equipa, que somou 1h39m42,81s, longe da formação da casa (Bielorússia), que repetiu o triunfo de 2008, com 1.37.57,32. A Ucrânia completou o pódio, em 1.41,25,0. Susana Godinho foi a quarta portuguesa, com 34.42,65 na série secundária.

A Espanha dominou por completo a prova masculina, ocupando todo o pódio individual (ganhou António Abadia, em 28.31,16) e somando 1.25.55,26, contra 1.27.36,52 da Itália e 1.29.03,26 da Ucrânia. O único português, Bruno Albuquerque, desistiu.

Deixar Resposta