Tiago Aperta ameaçou recorde … e o vento estragou o resto

0
3243

A 1ª jornada do Campeonato de Portugal ficou marcada pelo forte vento, que impediu a homologação de uma série de marcas. Infelizmente, a escolha dos locais de realização dos principais campeonatos nem sempre tem a ver com as condições normais do vento no local…

Valeram, no 1º dia, os 75,01 m de Tiago Aperta no dardo, bem perto do seu recorde nacional (75,55) e que ficam agora como terceira marca de sempre (tem também 75,48), e os 20,79 m de Tsanko Arnaudov no peso, que são também a terceira marca nacional de sempre, depois dos seus recordes nacionais de 21,08 e 21,06. Passou ainda mais duas vezes os 20 m (20,17 e 20,02) e derrotou Francisco Belo (19,34) e Marco Fortes (18,79). Tanto Tsanko como Aperta bateram os recordes dos Campeonatos de Portugal, que estavam na posse de Marco Fortes (20,62 em 2914) e do próprio Aperta (73,09 em 2012), respetivamente.

Positivos também os dois ensaios de Nelson Évora no triplo, a 16,78 m (ventos: +1,5 e 1,1). Ricardo Jaquité fez melhor que o seu recorde pessoal (16,01), com 16,18, mas o vento estava a +3,4 m/s.

Nos 100 metros, Lorène Bazolo, com 11,16 s (mas vento a +2,9), fez melhor que o seu recorde nacional de 11,21, enquanto Diogo Antunes, com 10,10 s (v:+2,9), fez melhor que os 10,11 de Carlos Calado, a melhor marca de atletas nascidos em Portugal (sem Obikwelu). Diogo Antunes confirmou-se como o melhor português, derrotando David Lima e Carlos Nascimento (10,23 para ambos) e André Costa (10,31), enquanto Francis Obikwelu, apurado para a final com 10,45 (v:+4,1), foi depois 7º e último com 10,57. Yazaldes Nascimento regressou, ganhando a sua meia-final com 10,37 (v:+2,5) mas não correndo depois a final.

Recordes para João Vieira e Vânia Silva

De resto, realce para o 17º título de João Vieira nos 10/20 km marcha, tornando-se o atleta mais vezes campeão numa só especialidade, já que ultrapassou Herculano Mendes, 16 vezes campeão do martelo entre 1928 e 1944; e para o 16º título de Vânia Silva no martelo, 13º consecutivo, igualando os 13 conseguidos por Teresa Machado no disco, entre 1995 e 2007, o máximo no setor feminino.

Diogo Ferreira passou 5,40 m na vara (Edi Maia ficou-se pelos 5,05) e tentou depois 5,71; Anabela Neto conseguiu 1,83 m na altura, tentando a seguir 1,86; e Evelise Veiga chegou a 6,27 m mas… com vento (+3,1).

Para além de Tiago Aperta, também Samuel Barata, nos 5.000 m (14.13,68), e os dois marchadores vencedores dos 10 km (Ana Cabecinha e João Vieira) conseguiram as melhores marcas nacionais do ano.

Nas provas combinadas, larga superioridade, na 1ª jornada, de Samuel Remédios no decatlo, com 3825 pontos (parciais: 10,80/+5,3-6,98/+2,3-12,96-1,88-51,46), e de Catarina Fernandes no heptatlo, com 3164 pontos (14,34/+3,3-1,69-11,10-26,09/+2,4).

Eis os novos campeões:

MASCULINOS

100 m              Diogo Antunes                SLB              10,10     (v:+2,9)

400 m              Ricardo Santos                SLB              48,34

1.500 m           Emanuel Rolim               SLB           3.57,62

5.000 m           Samuel Barata                 SLB         14.13,68

Vara                Diogo Ferreira                 SLB                5,40

Triplo              Nelson Évora                  SCP               16,78     (v:+1,5)

Peso                Tsanko Arnaudov           SLB              20,79

Dardo              Tiago Aperta                   IND              75,01

10 km M         João Vieira                      SCP          41.26,60

FEMININOS

100 m              Lorène Bazolo                 SCP               11,16     (v:+2,9)

400 m              Cátia Azevedo                SCP               53,87

1.500 m           Carla Mendes                  JV              4.35,54

3.000 ob.         Joana Soares                    AJS          10.24,10

Altura              Anabela Neto                  SCP                 1,83

Comp.             Evelise Veiga                  JV                   6,27     (v:+3,1)

Disco               Irina Rodrigues               SCP               59,29

Martelo           Vânia Silva                      SCP               60,30

10 km M         Ana Cabecinha                COP         32.18,72

Deixar Resposta