Sebastian Coe acredita ser possível um Mundial de atletismo em África

0
1596

Sebastian Coe, presidente da IAAF, pensa que é possível organizar um Mundial em África. “Não é ao presidente que cabe dizer se deve ser no Quénia, em Marrocos ou na Nigéria, mas já existem diversas opções que não existiam há anos”, declarou Coe à margem do Congresso da Confederação Africana de Atletismo que se realizou em Rabat. “São estas competições que inspiram os jovens e trazem os sponsors, os medias. A minha ambição, quando cheguei à cabeça da IAAF (em 2015) era que durante a minha presidência, houvesse um Campeonato do Mundo de Atletismo em África e no espaço de dois anos, fui testemunha de dois Mundiais neste continente, o corta-mato em Ouganda e o Campeonato do Mundo Júnior em Nairobi”.

Este ano, Ouganda reuniu 560 atletas, 60 federações e 25.000 espetadores no mundial de corta-mato. Em Nairobi, estiveram presentes 250.000 espetadores. Também Marrocos acolheu uma etapa da Liga de Diamante.

 

 

Deixar Resposta