Seleção para o Europeu com 35 atletas e sem surpresas

1
2870

São 35 os atletas selecionados pela Federação para o Campeonato da Europa de Berlim, a realizar entre 6 e 12 do mês que vem, dois deles como suplentes. É o número mais baixo dos últimos anos (o máximo está em 42, em Barcelona’2010), não considerando a edição de Amesterdão’2016 que, por ser em ano olímpico, não teve marcha. O setor feminino (20 atletas) domina (15 masculinos), como já havia acontecido (embora com menor diferença) em 2012 (17-18) e 2016 (15-17).

A única (triste) novidade, divulgada na véspera, foi a dispensa da maratonista Filomena Costa, devido a problemas físicos. Dos atletas que haviam conseguidos mínimos A em 2017, dois não os confirmaram este ano, devido a lesões, e ficaram de fora: David Lima e Salomé Rocha.

Entretanto, Lecabela Quaresma, que irá ao heptatlo, foi também inscrita no triplo, mas não é natural que venha a alinhar, pois a qualificação realiza-se na véspera da prova combinada e a final será no segundo dia desta. Foram indicados seis atletas para os 4×100 m (mas Ricardo Santos apenas à cautela) e cinco para os 4×400 m (Joceline Monteiro será certamente a suplente).

O marchador João Vieira estará no seu sexto Europeu desde 1998 (há 20 anos!), estreando-se em 50 km, e igualará o máximo de presenças (6) de Fernanda Ribeiro entre 1986 e 2010. Inês Henriques terá a 5ª presença, tal como Sara Moreira e Patrícia Mamona, mas estas com a vantagem de terem tido a possibilidade de participar nas recentes edições em anos olímpicos (2012 e 2016). Yazaldes Nascimento, Diogo Antunes, Susana Costa e Irina Rodrigues estarão nos seus quartos Europeus.

O Sporting tem 14 atletas selecionados (10 fem.+4 masc.), mais um que o Benfica (11 masc.+2 fem.), havendo depois mais oito atletas (todas femininas) de cinco outros clubes.

Os primeiros atletas nacionais a entrar em ação, na tarde de segunda-feira, dia 6, numa “pré-jornada”, serão os corredores de 100 metros, seguindo-se Diogo Mestre nas barreiras, Lorène Bazolo nos 100 m e, fora do estádio (centro da cidade), Tsanko Arnaudov e Francisco Belo na qualificação do peso. Os 50 km marcha (masculinos e femininos em simultâneo) decorrerão logo no dia seguinte (terça-feira), às 8.35 horas locais (7.35 h portuguesas).

Pedro Pichardo inscrito… à cautela

A Associação Europeia já divulgou a lista de inscritos, com 1572 nomes (828 masculinos e 744 femininos), de 49 países, entre os quais estão 30 russos (competindo como atletas neutros) e um refugiado sudanês que correrá a maratona. Entre os inscritos está… Pedro Pablo Pichardo, no triplo, o qual terá sido inscrito à cautela, para o caso (bem pouco provável) de a IAAF ainda vir a reconhecer a sua naturalização.

Nos 50 km marcha femininos, que se realizam pela primeira vez, estão inscritas nada menos de 20 atletas, lideradas por Inês Henriques, campeã e ex-recordista mundial (com 4.05.56), seguida da espanhola Júlia Tokacs (4.13.04). Nelson Évora, Tsanko Arnaudov, Sara Moreira, Patrícia Mamona, Irina Rodrigues e Ana Cabecinha também estão entre os atletas com melhores marcas de entre os concorrentes.

ATLETAS PORTUGUESES SELECCIONADOS

Masculinos (15):
100/4×100 m Carlos Nascimento (SCP)
Yazaldes Nascimento (SCP)
José Pedro Lopes (SLB)
200/400 m Vítor Ricardo Santos (SLB)
10000 m Samuel Barata (SLB)
3000 obst. André Pereira (SLB)
400 bar. Diogo Mestre (SLB)
Vara Diogo Ferreira (SLB)
Triplo Nelson Évora (SCP)
Peso Tsanko Arnaudov (SLB)
Francisco Belo (SLB)
50 km M João Vieira (SCP)
Pedro Isidro (SLB)
4×100 m Diogo Antunes (SLB)
Frederico Curvelo (SLB)*
Femininos (20):
100/200 m Lorène Bazolo (SCP)
400/4×400 m Cátia Azevedo (SCP)
1500 m Marta Pen (SLB)
10000 m Sara Moreira (SCP)
Inês Monteiro (SCP)
Catarina Ribeiro (SCP)
Comprim. Evelise Veiga (SCP)
Triplo Patrícia Mamona (SCP)
Susana Costa (AFR)
Peso Eliana Bandeira (JV)
Disco Irina Rodrigues (SCP)
Liliana Cá (ADNL)
Heptatlo Lecabela Quaresma (JV)**
20 km M Ana Cabecinha (COP)
Edna Barros (COP)
50 km M Inês Henriques (CNRM)
4×400 m Dorothé Évora (SCP)
Rivinilda Mentai (SLB)
Filipa Martins (SCP)
Joceline Monteiro (JV)*
* provável suplente
** também inscrita no triplo

1 Comentário

  1. “lideradas por Inês Henriques, campeã e recordista mundial” Não é recordista mundial, mas sim ex-recordista mundial e atual recordista europeia. Parabéns à Federação por finalmente perceber que inscrever a mais não ofende ninguém. É assim que tem de ser feito e é assim que já deveria ter sido feito de há muito tempo para cá. Ficando só por perceber porque não inscreveu também o Miguel Borges nos Obstáculos (a não ser que isso tenha uma razão técnica, como ele desistiu etc, estar abaixo de forma ou se está lesionado ou algo assim). Obviamente não fará diferença, só faria se algo acontecesse ao André Pereira, mas hipoteticamente tudo é possível acontecer e por isso é que devem sempre ser salvaguardadas todas as situações através da inscrição máxima de todas as possibilidades. Tal como também deveriam estar inscritos por precaução os atletas com mínimos B que estão tapados por atletas com mínimos A, como o Edi Maia na Vara. Inscreveram e bem o Miguel Carvalho nos 20Km Marcha mesmo não estando selecionado, mas deveriam ter feito o mesmo com o Edi Maia.

Deixar Resposta