Sobrevivente do atentado na Maratona de Boston é atropelada quando treinava

0
795

Uma sobrevivente do ataque terrorista na Maratona de Boston foi atropelada quando treinava para a próxima edição da prova que mudou a sua vida. O acidente aconteceu ao atravessar uma passadeira na cidade norte-americana.

Em 2013, ela acompanhava a prova como espetadora quando ocorreu o atentado. Ela ficou com parte da sua perna esquerda amputada e passou a utilizar próteses. Em 2016, três anos após o ataque, ela tornou-se a segunda amputada vítima daquelas explosões a completar a Maratona de Boston.

A polícia disse ao jornal Boston Globe que o motorista que a atropelou afirmou que não a viu cruzando a rua porque estava escuro e a chover.

Adrianne-Haslet“Fui atirada ao ar e caí, esmagando o lado esquerdo do meu corpo. Estou completamente partida. Mais cirurgias devem vir”, escreveu Haslet, dançarina e palestrante motivacional, na sua conta no Instagram.

Atentado da Maratona de Boston

O atentado da Maratona de Boston de 2013 foi orquestrado pelos irmãos Tamerlan e Dzhokhar Tsarnaev, que detonaram bombas que estavam escondidas nas suas mochilas. Tamerlan foi morto pela polícia depois de matar um polícia ao tentar fugir de Boston. Dzhokhar foi preso e condenado à morte em 2015. Três pessoas morreram e cerca de 260 ficaram feridas – destas, 17 sofreram uma amputação.

Deixar Resposta