Sporting (absolutos) e Benfica (jovens) dominam entre milhares de títulos nacionais

0
2317

Confirmando a liderança em matéria de títulos coletivos [ver texto publicado em 17 abril], Sporting (em termos de campeonatos absolutos) e Benfica (entre os jovens) dominam largamente a distribuição dos milhares de títulos nacionais individuais já atribuídos no atletismo português ao longo de mais de 100 anos (campeonatos absolutos) e desde 1930 (início dos campeonatos nacionais de juniores).

Assim, em termos de títulos nacionais de seniores (absolutos), o Sporting já soma 1637, contra 1122 do Benfica, aparecendo depois o FC Porto com 223, menos de um/sétimo dos títulos do Sporting e cerca de um/quinto dos do Benfica. E a diferença tende a aumentar, já que os restantes clubes com mais de 100 títulos também têm a atividade suspensa ou muito reduzida. É o caso do Belenenses, quarto clube nacional com mais títulos (191); do CIF, que soma 121 (todos masculinos!), o último dos quais, conquistado em 1951, mas sendo raros os que foram conquistados depois de 1935; e do Maratona CP (114). Segue-se, já abaixo da centena, o CN Rio Maior, com 93, a maioria dos quais conquistados na marcha; o Académico FC, do Porto, com 65 (só masculinos e também nos primórdios da modalidade); o SC Braga, com 62 (dos quais 56 no setor feminino); e a Juventude Vidigalense, com 49.

Na divisão por sexos, verifica-se que a vantagem do Sporting se alicerça essencialmente no setor feminino, no qual tem bem mais do dobro dos títulos do Benfica (615-260). No masculino, a diferença é menor, embora acima da centena (1022-862). Uma curiosidade: em pista coberta, o Benfica tem mais títulos masculinos (apenas três!) que o Sporting: 150-147.

Nos escalões jovens, desde sub’23 a infantis, o Benfica soma 1624 títulos nacionais individuais, contra 1393 do Sporting, sendo a diferença essencialmente devida ao setor masculino, já que no feminino apenas dois títulos separam Benfica (424) e Sporting (422)! Uma nota mais: a vantagem do Benfica tem aumentado nos últimos anos.

Tal como em relação aos títulos absolutos, seguem-se clubes já sem atividade ou com ela muito reduzida: FC Porto, 479 títulos; Belenenses, 235; CDUL, 226 (mas apenas 5 femininos!). Segue-se o SC Braga, com 201 títulos, dos quais 174 femininos (faltam apenas cinco para alcançar o FC Porto, terceiro neste setor); e a Juventude Vidigalense, com 190 títulos e a prometer continuar a ganhar lugares. O JOMA, com 157, é o oitavo clube nesta classificação por títulos nacionais jovens (individuais).

Para ver quadros completos, por escalões:

http://atletismo-estatistica.pt/campeonatos-de-portugal-individuais-2/quadro-resumo-absolutos-ind/

e

http://atletismo-estatistica.pt/campeonatos-de-portugal-individuais-2/quadro-resumo-jovens-ind/

 

 

Deixar Resposta