Tóquio 2020 enfrenta crise de patrocinadores com contratos que findam no final do ano

0
64

O adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para 2021, está trazendo sérios problemas à sua Organização na sua parte financeira.

Fontes sugerem que muitos dos patrocinadores não estão a pensar renovar as suas parcerias, mas também há preocupações sobre uma potencial reação ao cancelamento dos Jogos.

“O atraso desorganizou os planos financeiros para os Jogos e muitas empresas não querem realmente pagar mais”, disse uma fonte olímpica à  Reuters .

Dois patrocinadores não identificados disseram esperar que as negociações de extensão sejam “muito difíceis”. Muitas empresas enfrentam dificuldades desde que a pandemia atingiu o país.

Os organizadores afirmaram que estão “a pedir aos nossos parceiros o seu apoio contínuo no processo de extensão dos contratos”.

Apenas 24 % dos cidadãos japoneses são a favor da realização dos Jogos Olímpicos em 2021, de acordo com um inquérito feita em Julho pela Kyodo News .

Em Maio, o patrocinador olímpico mundial e a fabricante de automóveis japonesa Toyota previram uma grande quebra nos seus lucros, que pioraram ainda mais devido a restrições à produção.

Num inquérito em Junho conduzida pela emissora japonesa NHK , dois terços dos patrocinadores para Tóquio 2020 revelaram que não têm uma certeza se vão estender os seus contratos em Dezembro passado, com 14% a dizer que dependeria do preço pedido.

Tóquio 2020 enfrenta ainda outro obstáculo, depois do primeiro-ministro japonês Shinzo Abe ter renunciado ao cargo no mês passado devido a problemas de saúde.

Deixar Resposta