Treinador Alberto Salazar suspenso quatro anos pela Agência Antidoping norte-americana

0
416

O controverso treinador norte-americano Alberto Salazar, ex-treinador de Mo Farah e treinando atualmente Sifan Hassan, foi suspenso por quatro anos por ter violado as regras antidoping.

Segundo a USADA, ele foi suspenso pela “organização e incitamento a uma conduta dopante interdita”.

Esta decisão foi tomada após uma longa investigação que durou quatro anos e na sequência das revelações da BBC sobre as práticas em curso em Beaverton (Oregon), na base de treinos dos atletas orientados por Salazar, atualmente com 61 anos.

A USADA explicou ontem que Salazar e o médico Jeffrey Brown, que trabalhava a seu lado no quadro da Nike Oregon Project, ele também suspenso por quatro anos, devem a sua suspensão pela posse ilegal de testosterona. “Salazar e Brown mostraram que a procura da vitória era para eles mais importante que a saúde e o bem-estar dos seus atletas”, disse Travis Tygart, diretor-geral da USADA.

Salazar reagiu mostrando-se “chocado com as decisões anunciadas…O Projeto Oregon nunca permitiu nem permitirá jamais o doping. Vou apelar

Deixar Resposta