Treinador russo suspenso por quatro anos por tentativa de suborno

0
332

O treinador russo Andrei Emerenko foi suspenso por quatro anos pelo Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) por ter tentado subornar um funcionário russo numa análise antidoping.

Sylvia Schenk, juíza do TAS não teve dúvida que Eremenko sugeriu entregar um suborno em troca de uma amostra de outra pessoa diferente da atleta submetida à análise, de acordo com uma cópia da decisão publicada ontem pela agência russa antidoping.

O funcionário da agência russa esteve sete horas a tentar obter em 2017 a amostra de Yulia Malueva, treinada por Emerenko.

Malueva teria deixado cair a amostra no wc ao cair, supostamente por ter desmaiado. Emerenko chamou de imediato uma ambulância e Malueva foi internada. Na clínica, Emerenko ofereceu um suborno para entregar uma amostra falsa de urina, como se fosse de Malueva.

A agência russa apelou da suspensão de quatro anos da sua própria comissão disciplinar, com o objetivo de exonerar Emerenko. Essa comissão tinha suspendido Malueva por quatro anos em 2018, por não ter entregue a amostra.

 

Deixar Resposta