Três líderes do ano e sete campeões de 2017 ausentes do Mundial

0
570

O Mundial de Doha contará com a quase totalidade dos melhores atletas mundiais. Dos líderes deste ano, apenas três estarão ausentes, com destaque especial para Caster Semenya (800 m), que não aceitou as condições impostas pela IAAF (toma de medicamentos para reduzir a testosterona), e Eliud Kipchoge (maratona), campeão olímpico e recordista mundial (2.01.39 em Berlim’2018) e que prepara uma maratona abaixo das duas horas, em Viena, em outubro (estará na maratona Mosinet Geremew, 2º em Londres, este ano, a seguir a Kipchoge, com o terceiro tempo mundial de sempre). A outra ausente é a russa Klavdiya Afanasyeva, não autorizada pela IAAF pois fazia parte do grupo de treino de Viktor Chegin, treinador suspenso por ligações ao doping. Shaunae Miller-Uibo, a melhor do ano nos 200 e 400 m, optou apenas por esta última distância.

Entretanto, dos 44 campeões mundiais de 2017 (provas individuais), apenas sete estarão ausentes: Wayde Van Niekerk (400 m), Elijah Manangoi (1500 m), Mo Farah (10000 m), Eider Arévalo (20 km marcha), Sally Pearson (100 bar.) e Anita Wlodarczyk (martelo), além de Caster Semenya (800 m).

Presentes, estarão a recordista de medalhas (16) Allyson Felix, que integra a equipa norte-americana de 4×400 m, e o recordista de presenças (12), o espanhol Jesus Angel Garcia, que estará pela 13ª vez nos 50 km marcha. A holandesa Sifan Hassan está inscrita em três provas. Correrá a final direta de 10000 m no 2º dia e depois terá de optar entre os 1500 e 5000 m, com eliminatórias e finais quase coincidentes.

Entretanto, este Mundial terá como novidade a estafeta mista de 4×400 m, na qual deverá ser fixado o primeiro recorde mundial. A IAAF determinou que o novo recorde será reconhecido quando for melhorada a marca de 3.13,20 dos Estados Unidos em 2016, a melhor até agora registada. A Polónia ganhou a prova na Taça do Mundo de Estafetas deste ano, no Japão, com 3.15,49.

Faltam três dias para o Mundial de Doha, que se inicia sexta-feira, tendo nesse dia como ponto alto a maratona feminina (com Salomé Rocha), com início à… meia-noite (22 h portuguesas)! Pedro Pichardo e Nelson Évora estarão na qualificação do triplo, às 19.25 h (17.25 h portuguesas).

MELHORES ATLETAS INSCRITOS PROVA A PROVA

 

Christian Coleman EUA 9.81 100 m Shelly-Ann Fraser JAM 10.73
Elaine Thompson JAM 10.73
Noah Lyles EUA 19,50 200 m Elaine Thompson* JAM 22,00
Michael Norman EUA 43.45 400 m Shaunae Miller-Uibo BAH 49,05
Nijel Amos BOT 1.41,89 800 m Ajee Wilson* EUA 1.57,72
Timothy Cheruiyot QUE 3.28,77 1500 m Sifan Hassan HOL 3.55,30
Telahun Bekele ETI 12.52,98 5000 m Hellen Obiri QUE 14.20,36
Hagos Gebrhiwet ETI 26.48,95 10000 m Letesenbet Gidey ETI 30.37,89
Mosinet Geremew* ETI 2.02.55 maratona Ruth Chepngetich QUE 2.17.08
Soufiane El Bakkali MAR 8.04,82 3000 ob. Beatrice Chepkoech QUE 8.55,58
Grant Holloway EUA 12.98 110/100 b Danielle Williams JAM 12,32
Karsten Warholm NOR 46.92 400 bar. Dalilah Muhammad EUA 52,20
Maksim Nedasekau BLR 2.35 altura Mariya Lasitskene RUS 2,06
Naoto Tobe JPN 2,35pc
Sam Kendricks EUA 6.06 vara Jenn Suhr EUA 4,91
Anzhelika Sidorova RUS 4,91pc
Juan Echevarria CUB 8.65 comp. Malaika Mihambo ALE 7,16
Will Claye EUA 18.14 triplo Yulimar Rojas VEN 15,41
Ryan Crouser EUA 22.74 peso Gong Lijiao CHN 20,31
Daniel Stahl SUE 71.86 disco Yaimé Pérez CUB 69,39
Wojciech Nowicki POL 81.74 martelo DeAnna Price EUA 78,24
Magnus Kirt EST 90.61 dardo Lyu Huihui CHN 67,98
Damian Warner CAN 8711 dec/hept. Nafissatou Thiam BEL 6819
Toshikazu Yamanishi JPN 1.17.15 20 km M Glenda Morejon QUE 1.25.29
Yohann Diniz FRA 3.37.43 50 km M Li Maocuo* CHN 4.03.51
Grã-Bretanha GBR 37,60 4×100 m Alemanha ALE 41,67
Estados Unidos EUA 2.59,05 4×400 m Estados Unidos EUA 3.24,04

 

*Melhores do ano não inscritos no Mundial

 

Eliud Kipchoge QUE 2.02.37 maratona
200 m Shaunae Miller-Uibo BAH 21,74
800 m Caster Semenya AFS 1.54,98
50 km M Klavdiya Afanasyeva RUS 3.57.08

Deixar Resposta