Veteranos João Vieira e Sandra Silva campeões de 50 km marcha

0
693

Como se esperava, João Vieira, pela quarta vez, e Sandra Silva, repetindo o título da época passada, sagraram-se este domingo campeões nacionais de 50 km marcha, em Porto de Mós. João Vieira foi ainda (pela 4ª vez em quatro campeonatos) campeão de 35 km, tendo o título feminino sido ganho por Mara Ribeiro, que sucedeu à ausente (por lesão) Inês Henriques.

A pouco mais de um mês de completar 43 anos de idade (!), o sportinguista João Vieira foi folgadíssimo campeão de 50 km, ganhando com mais de 25 minutos de vantagem! Gastou 3h 51m 46s (mínimo para o Mundial de Doha), a sua quarta marca de sempre, depois de uma prova muito equilibrada: 1.55.37+1.56.09 por cada metade (25 km). Pedro Santos (J. Vidigalense) foi surpreendente segundo classificado, com um recorde pessoal (por 11 minutos) de 4.17.04, subindo a 15º de sempre. Derrotou o benfiquista Pedro Isidro, campeão em 2018, que ficou longe da sua valia (4.21.00). Classificaram-se seis atletas. Cristiano António (4º com 4.39.27) bateu o recorde pessoal por 29 segundos e Manuel Marques estreou-se sendo 5º com 4.58.30.

À passagem dos 35 km, João Vieira sagrou-se também campeão desta distância, com 2.40.14, aquém das marcas dos três anos anteriores (2.37.59 como melhor), quando não seguiu para os 50 km. Os benfiquistas Miguel Rodrigues (2.40.37) e Miguel Carvalho (2.42.34) completaram o pódio e garantiram o triunfo coletivo ao seu clube (12 pontos contra 28 do CA Seia).

No setor feminino, a também veterana (43 anos!) Sandra Silva (CF Oliveira do Douro) foi a única competidora nos 50 km, que terminou em 5.07.10, menos 63 segundos que há um ano (5.08.13), quando foi igualmente concorrente única. Cedeu um pouco na segunda metade da prova: 2.28.47+2.38.23 por cada 25 km. Nos 35 km, triunfou a benfiquista Mara Ribeiro, com 3.00.56, naturalmente bem longe das marcas de Inês Henriques nos anos anteriores (2.46.51 como melhor) mas melhorando os 3.02.29 da época passada, quando foi segunda. Sandra Silva passou quase meia-hora depois (3.30.29), seguida da também veterana (46 anos) Alexandra Lamas (3.35.08).

Em veteranos, a vitória coletiva pertenceu ao CA Galinheiras.

Nas provas de observação (com escasso número de concorrentes), destaque para as vitórias de Edna Barros nos 15 km (1.11.50) e de Ruben Santos (46.52) e Joana Pontes (51.17) nos 10 km para juniores. Após um ano de ausência, Vera Santos regressou mas desistiu nos 15 km.

Deixar Resposta