Walsh (22,20) derrotou Crouser (22,00)

0
2867

A primeira das finais da Liga de Diamante, em Zurique (1 setembro), proporcionou uma excelente prova de peso, com nova vitória do neozelandês Tom Walsh (22,20 – recorde da Oceânia) sobre o campeão olímpico Ryan Crouser (22,00). Grande despique ainda nos 200 m, com nova vitória (como no Rio) de Elaine Thompson (21,85 – recorde da Liga de Diamante) sobre Dafne Schippers (21,86). Recordes do meeting, ainda, para Christian Taylor (17,80, um centímetro mais que Jonathan Edwards há 20 anos!) e para Ruth Jebet nos obstáculos (9.07,00), embora longe do seu recorde mundial de cinco dias antes.

Renaud Lavillenie ganhou a Liga de Diamante pela 7ª vez (totalista), mesmo dividindo a vitória com Sam Kendriks (5,90 e igual número de derrubes), com quem combinou não desempatar (triste regulamentação da IAAF…). E Sandra Perkovic (68,44 e quatro ensaios válidos melhores que qualquer outra concorrente) somou o máximo de pontos para ganhar pela 5ª vez a Liga de Diamante.

Deixar Resposta