BALANÇO DA ÉPOCA 2017 – ESTAFETAS (M)

0
2279

Benfica perto do recorde de clubes

  • Bom nível nos 4×100 m, fraco nos 4×400 m

Bem diferentes os níveis dos rankings das duas estafetas masculinas, refletindo o que se passa nos 100 m e 400 m: bastante positivo o ranking de 4×100 m; muito fraco o de 4×400 m. A seleção nacional de 4×100 m foi 2ª no Europeu de Seleções; a de 4×400 m foi apenas 10ª, entre 12 equipas.

A melhor marca dos 4×100 m foi conseguida por uma equipa de atletas do Benfica (Diogo Antunes, David Lima, Ricardo Pereira, Yazaldes Nascimento) que correu o meeting de Londres, sendo 2ª com 39,29, a 17ª marca nacional de sempre mas a terceira a nível de clubes, a 11 centésimos do recorde nacional, pertença do Sporting. Depois, surge a seleção nacional de sub’23 (José Lopes, Rafael Jorge, Ricardo Pereira, Ricardo Ribeiro), que foi quinta no Europeu da categoria, com 39,55 na eliminatória e 39,88 na final. O recorde nacional sub’23, conseguido há 10 anos por uma equipa onde pontificavam Arnaldo Abrantes e Yazaldes Nascimento, ficou relativamente perto, a 18 centésimos. A seleção nacional absoluta (Diogo Antunes, David Lima, Ricardo Pereira, Carlos Nascimento) apenas aparece com a quarta marca (39,89) – deveria ter sido bem melhor, apesar do 2º lugar no Europeu de Seleções.

A nível de clubes, o Benfica ganhou na I Divisão (39,93) e no Campeonato de Portugal (39,94), com o Sporting tendo 40,08 como melhor. A terceira formação foi a do SC Braga, com 42,29.

Muito fracos os 4×400 m. A seleção nacional (Sérgio Silva, Mauro Pereira, Ricardo Ribeiro, Vítor Ricardo Santos) ficou-se pelos 3.12,74. No início dos anos 70 chegou a fazer-se melhor… A nível de clubes, o Sporting (3.14,88) superou o Benfica (3.16,02) na I Divisão, com a J. Vidigalense (3.22,97 em pista coberta) como terceira equipa. A Escola do Movimento sagrou-se campeã de Portugal, bastando para tal 3.25,34…

Veja aqui o ranking 2017

… e aqui o ranking mais aprofundado

Deixar Resposta